contratar-ou-investir-em-tecnologia

Contratar ou investir em tecnologia: como identificar a melhor forma de dar o próximo passo para o seu escritório?

Felizmente, todo escritório de contabilidade bem estruturado chega no momento de decidir entre contratar ou investir em tecnologia. O aumento de clientes, de atendimentos ou de volume de demandas costuma ser a força que guia este tipo de mudança.
Expandir a atuação é um passo que existe praticamente desde o início da atuação dos profissionais da contabilidade, lá na década de 1920. A grande mudança da atualidade é a dimensão da tecnologia, que pode ser capaz de aumentar a eficiência produtiva do escritório sem aumentar a quantidade de pessoas trabalhando por lá.
Em muitos locais que ainda não contam com sistemas de automatização, o ganho produtivo é capaz de reduzir em até 80% o tempo médio gasto por tarefa: isso é equivalente a quintuplicar a capacidade atual!
Como identificar a hora de dar o próximo passo?
Normalmente, o ponto de alerta de que está na hora de contratar ou investir em tecnologia é comum a todos os escritórios. É quando se percebe existir mais demanda do que capacidade produtiva. Em outras palavras, é quando as horas parecem ser curtas demais para tudo aquilo que é preciso fazer.
Obviamente, há momentos com picos de demanda. Isso é comum em qualquer negócio, não necessariamente indicando que é hora de dar o próximo passo. Quando o tempo parece ser consistentemente reduzido é que chegou a hora de avançar.
Contratar ou investir em tecnologia? Que sinais observar?

Assim que você percebe que é hora de dar um passo além, surge uma nova dúvida difícil de resolver. É hora de contratar ou investir em tecnologia?
Essas são duas soluções possíveis para lidar com uma alta carga de demanda, mas elas não necessariamente são substituíveis entre si em diversos aspectos. Por isso, é importante identificar alguns pontos sobre essa carga de trabalho elevada:
Onde está o gargalo?
Raramente o seu escritório estará com excesso de volume em absolutamente todos os tipos de trabalho. Normalmente, há pontos específicos que estão exigindo mais – e estes são os chamados “gargalos”, que trancam o seu fluxo geral.
Quando o gargalo acontece em relação ao atendimento de clientes, esse é um indicativo típico de que o próximo passo provavelmente envolve mais pessoas ou a revisão de processos internos.
Se, por outro lado, o problema for na execução de tarefas, um software automatizado é capaz de reduzir o volume de trabalho para uma fração do volume atual, sem a necessidade de adicionar novas pessoas à equipe.
Há estrutura para preparar uma próxima pessoa?
Um erro muito comum é apressar-se para contratar um pessoa o quanto antes, só para perceber que não há tempo ou pessoas o suficiente para preparar este novo membro da equipe para realizar suas tarefas.
Treinamento, integração, equipamentos e familiarização com as ferramentas do escritório são passos que existem investimento financeiro e de tempo, e não acontecem de uma hora para a outra. Contratar é uma solução pouco eficiente se não for possível dar atenção a estes aspectos.
A importância da escolha certa ao contratar ou investir em tecnologia
Qualquer que seja a solução ideal para você, é necessário considerar que ambas exigem uma seleção em busca da mais adequada para a sua realidade.
Assim como você entrevistas, testa e seleciona candidatos, é necessário investigar, testar e avaliar o software de automatização que você pretende contratar. Essa é a única maneira de garantir que você terá o resultado esperado, em vez de deixar a solução dependente de sorte!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *